Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os (meus) recortes...

Para uma imensa minoria...by Bastião

Os (meus) recortes...

Para uma imensa minoria...by Bastião

Talvez um pouco parcial.
Totalmente pessoal.
Eis os Meus Recortes...

Decorreu ontem, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Nariz, a quarta e última Assembleia de Freguesia do presente ano.

Das cadeiras destinadas ao público, tão somente dois lugares foram ocupados.

No período de intervenção do público, um dos presentes questionou o executivo da legalidade da marcação da reunião “privada” da assembleia de freguesia que aconteceu no passado dia três de Dezembro.

Assunto ultrapassado com resposta da Mesa de Assembleia que explicou que o referido encontro foi de carácter de urgência. Foi referido ainda que “a lei em vigor contempla estas situações, de modo que a reunião decorreu dentro da legalidade exigida”.

No ponto seguinte decorreram as leituras, correcções e aprovações das actas de Junho e Setembro passados.

Do documento de Junho, após a leitura, a aprovação da correcção foi feita por unanimidade. Recorde-se que a referida acta não foi aprovada na reunião de Setembro por ser unânime que os relatos aí transcritos continham graves omissões.

Com a acta da reunião de Setembro, após a leitura, os elementos da assembleia deram-na como aprovada. Lembraram também para a necessidade dos redactores redigirem de forma mais simples e clara para que o documento, ao ser lido, seja de fácil compreensão.

Antes de passar ao ponto seguinte, um elemento da Mesa de Assembleia lembrou o executivo para a necessidade urgente de “tapar buracos” e proceder à limpeza de valetas e aquedutos nas ruas do Porto de Ílhavo e Verba.

A estes reparos, Telmo Vieira respondeu de forma desanimada e desmotivada: “alerto os serviços camarários constantemente para estas e outras reparações”. Afirma ainda o Presidente da Junta de Nariz que a resposta dos serviços camarários é sempre a mesma: “aguarde mais um tempo, estamos sem dinheiro…”.

No espaço dedicado às Grandes Opções do Plano e Orçamento para o próximo ano, houveram algumas explicações dos valores inscritos nos documentos. Números confusos de entender pois o documento trabalha com valores que continuam por transferir para a autarquia.

É um orçamento sem dinheiro, é faz de conta…” - diz o executivo que continua sem receber as verbas prometidas da Câmara de Aveiro para fazer face aos compromissos fixos que tem mensalmente.

Para apreciação, o executivo da Junta de Freguesia apresentou dois documentos: a "Delegação de Competências da CM Aveiro para a JF Nariz" e o "Protocolo com a ACEAV - Associação da Comunidade Educativa de Aveiro". Sem margem para discussão, os referidos documentos foram prontamente aprovados.

Numa das intervenções finais, Telmo Vieira comunicou que já tem autorização para proceder à construção de duas lombas junto à Escola Básica. “É uma obra bastante ansiada para combater os acidentes no local”, refere ainda o Presidente da Junta.

A assembleia de freguesia terminou com o Presidente da Assembleia Manuel Cura Fernandes a desejar aos presentes um bom ano de 2013.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Os (meus) Recortes ®
António Bastião / 49
Nariz / Aveiro / Portugal
abastiao@hotmail.com
* Site otimizado para smartphones *