Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os (meus) recortes...

Para uma imensa minoria...by Bastião

Os (meus) recortes...

Para uma imensa minoria...by Bastião

Talvez um pouco parcial.
Totalmente pessoal.
Eis os Meus Recortes...

O Rancho Folclórico Nossa Senhora da Nazaré, de Verba – Nariz, convida os sócios para participarem na Assembleia Geral da colectividade.

A reunião terá lugar no Salão do Centro Social de Verba, no próximo Domingo, dia 20 de Janeiro, com início às 14H30.

A assembleia terá a seguinte ordem de trabalhos:
  • Leitura, discussão e deliberação das contas do ano de 2012;
  • Discussão de outros assuntos de interesse para a colectividade.

O muro de vedação do edifício escolar de Nariz (EB1) que recentemente foi destruído por uma viatura que entrou em despiste, já foi reedificado.

Técnicos de manutenção da Câmara Municipal de Aveiro estiveram no local, reconstruindo o bocado de muro em falta. Terminaram os trabalhos com a reaplicação da rede de vedação.

A referir que durante os poucos dias que o recreio escolar foi ocupado pelos alunos, já no início do 2º período escolar, o local afectado foi devidamente isolado para evitar possíveis riscos físicos para a crianças.

Recompostos do susto, pais, alunos, moradores e população em geral continuam a aguardar pela aplicação das já aprovadas lombas que farão com que os automobilistas abrandem à passagem no local.

Com a jornada deste fim-de-semana, teve início a 2ª volta do campeonato da Taça INATEL – Agência de Aveiro.

À semelhança da 1ª volta, este desafio torna a reunir as equipas de Nariz e Santo André.

A recordar que a deslocação (em 10 de Novembro) da equipa de Nariz ao concelho de Vagos, na 1ª volta, saldou-se por uma derrota da equipa forasteira por 3-0.

No jogo de ontem, os homens de Nariz apresentaram-se com muita vontade de vencer. Até praticamente ao final do encontro, manteve-se o resultado em branco.

Neste período, o pouco público presente presenciou boas jogadas de ambas as partes, mas que terminavam sempre ao lado da baliza ou nas mãos dos guarda-redes.

Mais uma vez o avançado da ADNariz, Gualter Barros esteve em destaque, conduzindo várias jogadas onde só faltou o principal: marcar.

Como referiu o treinador, Manuel Casimiro, “quem não marca acaba por sofrer”. E de facto assim foi, mesmo na fase final do jogo, o Santo André confirmou as palavras de Manuel Casimiro, marca dois golos e resolve o encontro.

Um encontro que teve os ingredientes certos para que o desfecho fosse favorável à equipa de Nariz, acabou por ser o adversário a receber os três pontos.

A louvar o espírito de luta que a equipa de Nariz tem acusado ao longo do campeonato, onde os resultados não tem sido os mais favoráveis mas, nem por isso baixaram os braços…

A referir ainda um acto de vandalismo no património do clube de Nariz. Desapareceram recentemente dois holofotes das torres de iluminação do campo de futebol do Porto de Ílhavo.

Para quem frequenta com regularidade as principais artérias de Nariz, qual será a resposta à pergunta “Costuma ver equipas de manutenção da SUMA na freguesia?

A mais provável resposta é “sim”. Certo, de facto “sim” é a resposta correcta.

Ao aceder aos mapas de planificação de trabalhos de manutenção e limpeza da SUMA, no concelho de Aveiro, diga-se varrer ruas, aspirar folhas e terras das bermas, cortar ervas e vegetação de passeios e bermas, entre outros; dá para ver que a freguesia de Nariz é contemplada periodicamente com a visita destas equipas.

De facto, há um contrato de prestação de serviços nesta área entre a Câmara Municipal de Aveiro e a empresa SUMA. Aparentemente, a execução dos serviços acordados para serem executados pela SUMA, são cumpridos. Se tal não acontecesse, provavelmente os serviços camarários já teriam rescindido com a empresa.

Nas deslocações periódicas, mas assíduas à freguesia de Nariz, as equipas da SUMA deixam as principais artérias, passeios e bermas limpas de vegetação, sujidade e objectos sólidos.

Paralelamente, era suposto ver com alguma regularidade e, já agora no Inverno, com maior assiduidade, equipas camarárias a executar trabalhos de manutenção às vias rodoviárias do concelho (vulgo tapa buracos).

É perfeitamente compreensível que actualmente será insuportável aplicar novos tapetes de alcatrão em arruamentos mais degradados. Como tal, o mínimo que se esperava dos nossos serviços camarários que, politicamente deveriam zelar pelos seus munícipes, era tentar manter as estradas transitáveis mas, tal não acontece.

A Câmara Municipal de Aveiro, por falta de verbas ou porque precisa de fazer obras de betão em locais estratégicos, está a deixar os automobilistas à beira de um ataque de nervos.

Em relação à sede de concelho, a longínqua e ainda freguesia de Nariz, há estradas que são autênticos carreiros de passagem, onde os automobilistas ziguezagueiam para fugir às crateras que aumentam a um ritmo alucinante.

A Câmara Municipal de Aveiro, à semelhança da SUMA sabe onde fica a freguesia de Nariz mas, o que é certo e visível é que nos itinerários das equipas de manutenção camarárias, se é que existem (tanto itinerários como equipas), não consta a sua passagem para ir remendando o que já está cheio de remendos.

Tema dominante nas conversas de café são os autênticos malabarismos e “ginástica de olho” que os condutores precisam fazer para evitar que as suas viaturas sofram danos consideráveis ainda mais graves.

Ano 2013, ano de eleições autárquicas. No mínimo que haja a decência de manter a “fachada” limpa e composta, para que os naricenses possam, entre outras, se deslocarem à povoação sede da futura nova freguesia ou à sede de concelho, sem que as suas viaturas desapareçam num buraco.

Mais considerações se podem tecer sobre o tema mas, em princípio o destino é o mesmo - cair noutro ou no mesmo buraco…

Com uma tiragem inicial de cem exemplares, o livro de poemas de Maria da Conceição Martins – “DoceSalgados”, foi apresentado e distribuído aos interessados no passado dia 16 de Dezembro.

Nesse dia assistiu-se à satisfação da autora que, se desdobrou entre agradecimentos de felicitações e autógrafos, enquanto disponibilizava o seu trabalho literário.

Mas, um fim-de-semana de condições meteorológicas adversas, foi o argumento suficiente para que a afluência à aquisição de DoceSalgados não fosse a desejada.

Como tal, Conceição Martins informa que tem à disposição dos interessados, exemplares de DoceSalgados.

Para adquirir o livro, é favor de contactar a autora que, como é do conhecimento geral mora na Rua Direita, na Vessada (junto ao Cruzeiro). Pode ainda contacta-la pelo telefone 913 527 188.

Da ordem de trabalhos da reunião ordinária da Assembleia de Freguesia de Nariz que decorreu no passado dia 28 de Dezembro, constou a leitura, rectificação e votação das actas nº 2/2012 e nº 3/2012, das reuniões realizadas nos dias 22 de Junho e 28 de Setembro de 2012, respectivamente.

Com a cordialidade do Presidente da Assembleia de Freguesia, o Prof. Manuel Francisco Cura Fernandes, o Portal de Nariz divulga os referidos documentos.

 

RANCHO FOLCLÓRICO
NOSSA SENHORA DA NAZARÉ
VERBA - NARIZ - AVEIRO
 
O Rancho Folclórico Nossa Senhora da Nazaré espera que tenham tido um Feliz Natal, cheio de muita saúde, muita paz, muita alegria e muito amor.
 
Que este Ano Novo seja cheio de saude, paz, amor e muita alegria. Que seja um ano, apesar das dificuldades, cheio de esperança, de pensamentos positivos. Que seja um ano feliz, para vós e para toda a família.
 
São estes os votos do nosso RANCHO.
 
Cumprimentos folclóricos.
 
O Rancho Folclórico Nossa Senhora da Nazaré

É com o texto acima apresentado que os elementos do Rancho Folclórico Nossa Senhora da Nazaré, de Verba –Nariz, se apresentam aos naricenses para o já tradicional Cantar das Janeiras.

As Janeiras, ou cantar as Janeiras, é uma tradição portuguesa que consiste na reunião de grupos que, cantando de porta em porta, desejam aos locais um feliz ano novo. São utilizados instrumentos musicais, como a pandeireta, flauta, viola, acordeão e bombo no acompanhamento. As músicas são normalmente conhecidas e a letra varia de localidade para localidade.

Teve início no passado dia 27 de Dezembro, no lugar de Verba, a “tournée” do rancho de Verba pela freguesia de Nariz, a saudar os naricenses para um feliz ano novo.

Durante a presente semana, os cantores percorrem as ruas do lugar de Nariz. Deixam para a próxima semana o lugar da Vessada.

Serve também esta iniciativa para a colectividade angariar fundos para suportar as suas despesas.

A referir ainda a deslocação no final da passada semana ao edifício da Câmara Municipal de Aveiro, onde o grupo de animadores foclóricos cantou as Janeiras ao executivo camarário.

“De facto só ficou o sabor a vitória, porque o resultado, esse ficou-se por um empate a zero bolas”. Foi este o rescaldo que Manuel Casimiro apontou ao jogo que teve lugar no Porto de Ílhavo no passado Sábado onde, a equipa de Nariz recebeu o terceiro classificado – GD Beira Ria.

 No encontro destacaram-se as exibições de Gualter Barros e Luís Dias, que tudo fizeram para alterar o resultado final. Acabou por ser a falta de sorte da equipa da casa a grande vencedora do desafio.

Referiu ainda o treinador da ADNariz que, durante o jogo surgiram cinco grandes oportunidades de golo com baliza aberta. Quatro para a equipa da casa e uma para os visitantes mas, até essas oportunidades não foram concretizadas.

Com este resultado, a equipa de Nariz ocupa agora o penúltimo lugar com quatro pontos. O primeiro lugar é ocupado pelo ADRAC Rêgo, com dezoito pontos.

O próximo desafio é já no próximo Sábado, que também coincide com início da segunda volta da Taça INATEL. A ADNariz recebe o ADCF Santo André que ocupa o quarto lugar com oito pontos.

Destaques do Boletim Informativo de 1/1/2013:
  • Mais um despiste junto à Escola Básica de Nariz;
  • Cães vadios causam pânico no centro de Nariz;
  • O que se disse na reunião de Assembleia de Freguesia;
  • Sessão de esclarecimento em Nariz;
  • Festa de Santa Luzia;
  • Futebol - Mais uma derrota da ADNariz.
A recordar os locais de distribuição do boletim informativo: Associação Desportiva de Nariz; Café Coutinho – Vessada; Café Dunas – Verba; Café Pedra – Vessada; Centro Social de Verba; Igreja Paroquial de Nariz; Minimercado Canto de Leira; Pastelaria Largo de Nariz e ainda Posto Médico /J. Freguesia.

Se não conseguir um exemplar, pode imprimir o número pretendido aqui no blogue. Veja no canto superior direito no campo PORTAL DE NARIZ EM VERSÃO IMPRESSA.

Para todos os leitores, o Portal de Nariz deseja uma óptima leitura e já agora, recolha ou imprima mais um ou dois exemplares para oferecer a um vizinho ou amigo.

Pág. 2/2

Os (meus) Recortes ®
António Bastião / 49
Nariz / Aveiro / Portugal
abastiao@hotmail.com
* Site otimizado para smartphones *